Time do Sangue: aplicativo que conecta doadores a hemocentros

A cada dois minutos, uma pessoa precisa de sangue no Brasil: o problema é que apenas seis em cada dez indivíduos no país são voluntários e fazem doações com frequência.  Os outros quatro só realizam a ação espontaneamente quando um amigo próximo ou familiar necessita de uma transfusão.  Para reverter esse quadro, aproximando doadores dos hemocentros, foi criado em 2017 o aplicativo Time do Sangue.

O app do bem para smartphones, gratuito e disponível nas plataformas IOS e Android, agiliza o processo de doação de sangue, fazendo com que as pessoas salvem, no mínimo, quatro vidas com apenas um clique. A tecnologia descomplica o processo, permitindo que todas as etapas da doação de sangue sejam realizadas de forma rápida e eficiente.

Por meio do celular, qualquer pessoa pode agendar a doação via aplicativo – sem filas e sem burocracia. Depois de preencher um cadastro simples, o usuário passa a fazer parte de uma rede unificada: com a geolocalização, o sistema consegue acionar o doador mais próximo sempre que alguém precisa de sangue.  E com a agilidade necessária para resguardar vidas.

O Time do Sangue permite, ainda, que o voluntário carregue laudos de exames e documentos pessoais, com segurança e sigilo absoluto. Desta forma, o doador pode acessar seu histórico médico sempre que precisar. Além da economia de tempo, o aplicativo também envia informações e lembretes para futuras contribuições.

Para os hemocentros, o Time do Sangue garante o aumento geográfico das doações, com expansão a nível nacional, já que permite a melhor organização dos agendamentos. Desta forma, há redução das desistências graças ao atendimento rápido e qualidade no serviço prestado. Com as doações regulares, os hemocentros otimizam o aproveitamento dos componentes do sangue e medula, ampliando a oferta a quem realmente necessita de sangue.

“Para os hemocentros e bancos de sangue, o aplicativo se torna o meio de comunicação ideal para a realização de campanhas de doação e atender situações de emergência, especialmente em épocas do ano com baixo estoque de bolsas de sangue”, analisa Juliana Aguiar, uma das idealizadoras do projeto.

Atualmente, as doações de sangue no Brasil se encontram aquém dos números recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo a entidade, o número de doadores deve abranger entre 3 e 5% da população. No país, esse índice não chega a 2%.  “O objetivo é fazer com que mais brasileiros tenham a doação de sangue como um hábito e não somente em datas específicas ou quando conhecem alguém que precisa de transfusão. O aplicativo consegue localizar o doador e mandar uma mensagem solicitando a doação”, completa Juliana.

Fomento a pesquisas na área de saúde

Juliana Aguiar explica que os avanços tecnológicos na área da saúde despontam como ferramentas que facilitam no cotidiano, uma vez que favorecem o ato de salvar vidas: “Neste contexto, a gestão eficiente das unidades hemoterápicas permite que todas as etapas da doação de sangue sejam realizadas de forma mais eficiente”.

Além de otimizar o processo de doação de sangue no país, o aplicativo do bem conta com uma equipe de pesquisa que analisa os dados obtidos, transformando informações em conhecimento sobre o cenário atual da doação de sangue no Brasil. “Com isso, o Time do Sangue irá proporcionar pesquisas científicas e fornecer subsídios para elaboração de políticas públicas e campanhas dirigidas à população que visam colaborar com o aumento do número de doadores no país”, finaliza Juliana.

Pré-requisitos para a doação de sangue

  • Estar em boas condições de saúde e descanso
  • Ter entre 16 e 69 anos (menores, a partir dos 16 anos podem doar acompanhados de um dos pais ou responsável legal; maiores de 65 anos só podem doar se já doaram antes dos 60 anos)
  • Pesar no mínimo 50 kg
  • Estar alimentado (evite ingerir alimentos gordurosos)
  • Apresentar documento oficial de identidade com foto
  • Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade ou doenças intacto-contagiosas como Doença de Chagas, Sífilis e Aids;
  • Não ter comportamento de risco para contrair tais doenças;
  • Não estar resfriado ou com gripe
  • Não ter feito tatuagem ou colocado piercing nos últimos 12 meses
  • Não estar grávida ou amamentando

Sobre o Time do Sangue

O Time do Sangue é uma startup do bem, que tem o objetivo de facilitar o processo de doação de sangue por meio do agendamento via aplicativo. O Time do Sangue conecta hemocentros e doadores e pode, inclusive, ser utilizado em campanhas de doação para atender demandas de emergência. Para o usuário, o diferencial é que o app significa uma melhoria no atendimento, evitando filas de espera.

Criado em 2017, o Time do Sangue está disponível gratuitamente para as plataformas IOS e Android. Por meio do app, o usuário tem acesso a informações pertinentes e recebe lembretes para que possa voltar a doar sangue assim que possível. Já os hemocentros têm a possibilidade de conhecer a demanda de doação e preparar seus colaboradores para receber os doadores de acordo com os horários de agendamento. O Time do Sangue tem como missão atingir os níveis ideais de doação no Brasil, tornando a doação de sangue um hábito.

Informações para a imprensa

JRK Comunicação – facebook.com/JRKCom

Jessica Krieger (11) 95240-3066/ (48) 3304 7779

Vania Nocchi (17) 99773-2254

imprensa.timedosangue@gmail.com

 

O Time do Sangue é uma startup do bem, que tem como principal objetivo agilizar o processo de doação de sangue fazendo com que as pessoas salvem, no mínimo, 4 vidas com apenas 1 clique. Basta baixar o app, agendar sua doação e comparecer ao hemocentro no horário marcado. Sem filas.

2 comentários sobre “Time do Sangue: aplicativo que conecta doadores a hemocentros
  1. Adriana Roveri disse:

    Estou muito triste por não poder fazer parte do time só porque a Apple Store não disponibiliza o app. A startup não pensa em deixar o acesso online, pelo site, para podermos agendar também?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*